O lado bom, de tudo isso, continua sendo a surpresa de quem sabe, a gente se encontrar na próxima esquina.

O dia em que eu sentei para tentar entender a vida e organizar os pensamentos, foi o único dia em que eu senti meus pés flutuarem, como se eu estivesse dando passos de baleia em Marte. Mas baleia dá passos? No dia em que você achar que entendeu o sentido da vida, vai achar sim que baleia dá passos. A proporção é a mesma. Não porque a vida não tenha sentido; jamais! Mas sim porque nós nunca vamos conseguir entender o porquê das coisas. Eu sou observadora, confesso. Vivo procurando, olhando, decifrando as coisas com os olhos, e entendendo com o coração, e sempre que eu tento -na minha humilde forma de enxergar a vida- entender o caminho das coisas, acabo saindo mais frustrada do que entrei.

Nada faz sentido se você pensar só com o coração. E nada se completa se você usar somente a razão. O equilíbrio é a eterna fonte de uma vida feliz. Mas e naqueles momentos em que nem nós mesmos conseguimos nos equilibrar na corda bamba que corta os nossos dias, como fazer para seguir adiante, para passar de fase? Confesso que já tentei ser nômade na terra dos desajeitados. Fui uma tola. Depois tentei ser realista no mundo dos loucos. Saí uma perfeita infeliz. E ser o ombro amigo dos corações partidos? No começo uma salvação, depois uma perdição. O segredo que passa através de tudo isso é um apenas: não tente, seja. É difícil? E como!!! Mas a gente consegue. Eu sei.

Às vezes eu tenho vontade de viver em um mundo paralelo, onde minhas confusões se tornassem certezas e meus desejos viriam com manual de instruções. Será que sim, será que não? Mas, e se…? Bem que poderia ter alguém aí do outro lado do universo disposto a responder minhas infinitas dúvidas, né? Mas daí eu penso que os meus dias não teriam graça nenhuma se eu já acordasse sabendo como seria o final. Onde ficariam minhas histórias engraçadas, meus momentos inesperados e minhas visitas surpresa? É, no fundo a vida tem razão sabia? Se ela tivesse um roteiro seria um filme e se tivesse alguma certeza, seria somente mais uma aventura já passada por muitos. O lado bom, de tudo isso, continua sendo a surpresa de quem sabe, a gente se encontrar na próxima esquina.

texto sobre a vida texto sobre relacionamento texto suh riediger blog vittamina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s