Mulheres, voltem uma fase.

Eu abro qualquer rede social e é só mulher com barriga musculosa feito um plástico bolha, coxas explodindo feito um frango bombado, bocas carnudas e desenhadas feito uma flor de lótus, olhos com dose extra de delineador e asa de borboleta, e sobrancelhas milimetricamente pintadas e altas, feito um biquíni asa delta dos anos 80. Na balada é sempre igual: Top e saia em cores berrantes apertadééérrimos, e eu penso: será que da pra fazer xixi? Nada ali é de verdade. Quer dizer, até é; é de verdade porque foi comprado, foi pré fabricado, mas nada ali chama atenção pela admiração, nada ali gera interesse. Não estou aqui falando de dignidade, por favor, estou aqui falando de inconsciente coletivo, me perdoem as ofendidas.

É tudo fake. As fotos escandalosas, as produções sem nexo algum, os filtros gritando por socorro, as caras e bocas ousadas, os olhares caídos tentando sensualizar e as poses de joelhos dobrados parecendo um ganso parado esperando comida. Tudo é tão redondo, tão volumoso que parece que vai explodir; vocês não tem essa impressão? Às vezes me da até uma certa angústia, e passo rapidinho as fotos com medo que sobre batom roxo na tela do meu celular, que exploda batata doce com frango no meu computador ou então que um tsunami de whey acometa o meu quarto. Só quem já passou por isso entende o que estou falando.

Eu não aguento mais essa geração que aderiu uma moda que seguiu um caminho controverso. Sou pra lá de a favor da busca pela saúde, mas será que é saúde que estão buscando? É tudo exagerado demais, ousado demais, estranho demais…. é tudo fácil demais. Fácil porque em toda esquina tem aos rodos exemplares desses rodando por aí. Onde ficaram aquelas mulheres naturalmente lindas? Elegantes? Com cabelos sedosos e brilhosos, com pele natural, com boca desenhada do jeito que Deus quis, com pernas que se entrelaçam naturalmente e não que assam enquanto andam de tão “gigantes”? O bonito é ser você, é se assumir, é procurar ser melhor e não procurar se transformar no que não existe. Porque quanto mais você tenta, menos você consegue por um motivo óbvio: a perfeição não existe. E quanto mais você procurar, mais longe você vai estar.

texto sobre mulher textos sobre mulher blog vittamina 1

 

Anúncios

42 pensamentos sobre “Mulheres, voltem uma fase.

  1. Suh, concordo em grau e gênero com você. Infelizmente agora quem não faz academia, não come frango com batata doce e não toma whey é o anormal. Quem é ao natural acaba sendo rejeitado, por não estar em busca da “perfeição”. Beijo Suh, adoro seus posts e leio todos eles.

    • Aline, tenho esse mesmo pensamento. Todo mundo ao meu redor está à procura da “perfeição” que às vezes me sinto um peixe fora d’água por não estar no mesmo ritmo.

  2. Cara fala sério, não vejo mulheres assim em cada esquina não, e as que são assim se destacam pela disciplina e força de vontade que a grande maioria não tem…Não vejo Tanta gente comendo ovo com batata doce como diz no texto, porque eh dificil seguir uma dieta regrada… mulher normal tem aos montes por ai eh só sair da frente do instagram e ir pra rua que vc acha muiiiitasss e as saradas é raridade… ta certo que tem gente bitolada e que sacrifica a saude para conseguir corpos esculturais em pouco tempo e sem tanto esforço, mas cada um sabe o preço a pagar… cada um eh resultado do esforço e das escolhas que faz, o que eu acho ridiculo é ficar depreciando quem tem um estilo diferente de vida pois não tem coragem de levantar a bunda do sofa. E sim as mulheres que se cuidam vão continuar chamando atenção … doa a quem doer… pronto podem me xingar a vontade..

    • Oi Dalvana! Não acho e nem espero que alguém te xingue por aqui, conversar sem perder o respeito não é tão difícil assim. Acho que na hora de interpretar o texto, você focou apenas nas primeiras percepções, como músculos. Eu também admiro e muito quem segue uma dieta e consegue obter resultados naturais por seus próprios esforços, mas não é dessas mulheres que estamos falando. Sobre “sair da frente do Instagram” e “levantar a bunda do sofá”, caso você tenha falado pra mim, possivelmente só veio até aqui ler o texto por ter sido compartilhado nas redes e não me conhece, mas tenho 2 filhas pequenas e confesso que tenho menos tempo do que gostaria para ficar no Instagram e no sofá! Minhas filhas estudam meio período e tenho 5 horas por dia livres, e por incrível que pareça levanto a minha bunda cansada para ir colocar o pé na estrada e literalmente correr atrás da minha saúde. Enfim, obrigada pela sua visita e seu comentário, bom dia!

  3. Dalvana, concordo plenamente. Muitas coisas são de fato desnecessárias, mas cada faz com seu corpo e sua vida o que bem entender, o que tá faltando nesse mundo é gente que cuide do próprio nariz e pare de prestar atenção nos defeitos dos outros.

  4. Fabulous texto! Já parei pra pensar nisso zilhoes de vezes. Saúde eh necessário, mas exagero eh falta de respeito com si mesmo. Virou uma modinha! Nunca fez e nem fará minha cabeça. Imagina quem modela, como você, eu, e várias amigas ter que adotar a “moda”. Peço a conta na hora!!

  5. Adorei Suh!!!! Falou é disse amiga, infelizmente a pura realidade, medo de nossas filhas crescerem neste mundo. Beijinho, muito bom texto 👏👏👏

  6. Sou uma mulher ‘normal’ – seja lá o que isso significa – e de barriguinha aparente. Ainda assim tenho a lamentar que um texto como esse tenha sido escrito e tão aplaudido. Uma coisa é criticar quem toma bomba ou torna o exercício algo prejudicial à saúde. Outra coisa é criticar a escolha de mulheres que têm estilos de vida diferente dos nossos. Isso sim é voltar uma fase. Defendo que as mulheres podem ser o que quiserem. E não me venham com essa de “onde estão as mulheres elegantes?”. O que você quis dizer com isso, gente? Mulheres malhadas não podem ser elegantes? Onde é que fica a banca de julgadores que diz quem é ou não elegante e bonita? Triste é ver mulheres apontando o dedo dizendo o que é certo e o que é errado umas para as outras em pleno 2015. Lamentável. Volte 50 fases.

    • Felizmente alguém com um mínimo de bom senso… de nada adianta “defender um lado” (mesmo que seja imaginário), apontando o dedo para o outro. Não entende pessoas que se revoltam pela escolha de vida de outras.

  7. Com certeza uma gorda frustrada escreveu isso … mulheres normais tem em cada esquina, já mulheres determinadas, com dieta regrada e corpo sarado é raro de se ver … e vi essa matéria pq uma amiga compartilhou e achou o máximo esse texto, porém essa minha amiga faz de tudo para emagrecer e ficar sarada, come frango e batata doce e treina sempre, porém não é determinada, não sabe regrar a dieta e assim fica frustrada e ofende quem consegue !

  8. Olha, eu acho que o que vale é como cada um se sente bem! Se a menina se intope de maquiagem, muda o corpo e faz dietas malucas, mas ta feliz, não ta fazendo mal pra ninguém, deixa ela ué… Vamos nos preocupar em fazer o bem e com coisas que nos atingem 🙂

  9. Vejo que bem mais do que o corpo é necessário cuidar e ativar mais o cérebro e a alma!Porque da mesma forma que nossa amiga Ju pode ter percebido que pode sim ser uma gorda que escreveu o texto.Eu percebi na resposta dela da Ju que,ela deve ser linda,com um corpo desejável sim por muitas mulheres e homens…mas com uma alma podre que se sair a carcaça imagino o quanto deve ser triste de ver!Ah e para fechar no texto que li, imaginei sim a mulher sem preocupação o que acham dela uma mulher que tem valores muito mais do que beleza!😊

  10. “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é…” Não julguemos para não sermos julgados. Conheço mulheres que fizeram coisas horríveis para se manterem magras….. Enfim, a idéia do texto é boa, mas não acho que ficou clara a mensagem. O bacana é ser saudável e aceitar sua beleza!!!!

  11. Concordo em partes! Gosto da beleza natural, nao me entupo de maquiagem, somente o basico pra “brilhar” ainda mais! Tenho barriga tanquinho, como frango e batata doce, ovo, whey. Treino 4x por semana, me cuido interna e externamente. Saude é o que importa. Agora dizer que a cada esquina ve uma menina assim como vc ve descreveu no texto é mentira! Ha um aumento por um tipo padronizado de beleza, sim! Mas o que vemos na realidade sao cada vez mais obesas e mtas sacrificando sua saúde com dietas merabolantes.. Antes se as gordinhas estivesse no frango com batata doce e whey, na academia diariamente tentando se cuidar e nao virae paniquete! Vc misturou disciplina com excesso se silicone explodindo, colocou todo mundo no mesmo saco… Moderaçao por favorrrrr

  12. Não sei se entendi esse seu questionamento: “Onde ficaram aquelas mulheres naturalmente lindas?” . Honestamente quase me sou como uma dorzinha de hoje a beleza ser sim um item de consumo. Concordo que é um pouco chato esse excesso de padronização da beleza. Mas acho bacana todas as mulheres terem recursos para alterar coisas que afligem ( seios grades e pequenos, nariz, orelha, etc). O importante é sermos felizes com ou sem Whey, e para isso, cada uma de nós temos que descobrir nosso caminho!!!

  13. Todo mundo pedindo pra não julgar os outros, mas vem aqui julgar a escritora? Até de gorda frustrada???? Kkkkkkk com certeza não conhecem a Su mesmo, sabe de nada inocente!
    Amei o texto e estive conversando sobre isso com as minhas amigas, parabéns pela sutil observação e delicada escrita, é por isso que sou sua leitora há tanto tempo. Bjs

  14. Gente, pelo o que eu entendi a escritora se referiu a ESSÊNCIA NATURAL da mulher, sem ter que seguir padrões de estética por que está na moda. Simplesmente ela se referiu e questionou a onde estão aquelas mulheres naturais, que comem, bebem, se divirtam de uma maneira NATURAL e saudável sem ter que seguir uma linhagem para chamar atenção, pois pelo que eu saiba e acredito quem tenha o mínimo de senso, músculos, roupas exageradas, [etc] não fazem uma mulher; ter beleza para quê, se o que faz a mulher é a cabeça e não corpo (moralmente)? aliás, isso vale pra qualquer ser humano. Hoje, com essa coisa da “perfeição”, às pessoas estão perdendo suas essências, querem seguir um padrão pra ter status, pra se sentirem bajuladas, desejadas invejadas a troco de absolutamente nada. Infelizmente os valores estão trocados! Mas também existem aquelas que vão a academia por elas mesmo, adotam um estilo de vida que elas se sitam melhores, pois se amam e não precisam ser bajuladas, pelo contrário, elas sabem muito bem auto superar, pois não é qualquer coisa que as convence, pois são independentes de alma! Ah, e também em nenhum momento a escritora está cuidando da vida alheia, o que ela diz é apenas um paradoxo da realidade. Se cuidar é importante, fazer aquilo que gosta é importante, seja se maquiar(particularmente eu adoro, mas não sei, porém tenho muitos batons), ir à academia, adotar um estilo de vida, mudar o guarda-roupa… onde for, se AMAR do jeito que é faz bem e muito bem seja lá como, pois se não nos amarmos, quem nos amarão? Seja lá como vive, musculosa, magra, gorda, adotar um estilo de vida não faz mal a ninguém, desde que você honra seu caráter, sua essência, o resto é resto! Viva como queira e seja feliz! Mas em hipótese nenhuma perca SUA ESSÊNCIA NATURAL!

  15. Vi esse texto compartilhado diversas vezes e, por pura curiosidade, resolvi ler. Percebi que a mulher que escreveu trabalha com moda, é bonita e tem uma alta sensibilidade na hora de observar e escrever seus textos. Ótima escrita, leve, delicada, daquelas que da vontade de continuar lendo. Enfim, sobre o texto. É tudo o que falamos hoje em dia. Um corpo sarado é tentador, mas só, SÓ. Falo isso assim de maneira seca e objetiva porque realmente é isso. Acho natural as criticas, e de todas que li aqui em cima posso enxerperfil bem quem sao: as criticadas do whey que ficaram ofendidas (e com razão, tanto trabalho pra saber que a realidade é essa), as naturalmente não tão belas que resolveram se rebelar e defender as outras, as ignorantes que precisam chamar alguém de gorda pra ser notada, e as politicamente corretas que querem salvar o mundo. parabéns a mais uma mente brilhante que conseguiu observar essa onda insuportável de gente fake!

  16. No primeiro momento pensei, lutamos tanto para que nos mulheres pudéssemosfazer o que quisermos fazer com os nossos corpos, inclusive torná-los fake! Mas dois segundos de reflexão já me fizeram achar o texto muito bom. E falo como nutricionista! Frequentemente me deparo com pacientes que estabelecem metas inalcansaveis para os seus biotipos, quando consideramos que nos alimentamos dentro de um contexto “biopsicosociocultural”! E além de consultório,sou nutricionista há 11anos na área pública, atuando na alimentação escolar, e a quantidadede meninas de 11 a 15 anos com conceitos distorcidos de saúde, beleza, …, é alarmante!
    Quanto aos comentários que falam que uma dieta restritiva com claras, frango e batata doce é sinônimo de disciplina” e “dieta regrada”…. OI???!!!!! Não existe evidências científicas com estudos em populações que esse tipo de alimentacao a longo prazo, seja efetivamente “saudável”!!!!!!!!!!

  17. No primeiro momento pensei, lutamos tanto para que nos mulheres pudéssemos fazer o que quiséssemos com os nossos corpos, inclusive torná-los fake! Mas dois segundos de reflexão já me fizeram achar o texto muito bom. E falo como nutricionista! Frequentemente me deparo com pacientes que estabelecem metas inalcansáveis para os seus biotipos, quando consideramos que nos alimentamos dentro de um contexto “biopsicosociocultural”! E além de consultório,sou nutricionista há 11anos na área pública, atuando na alimentação escolar, e a quantidadede meninas de 11 a 15 anos com conceitos distorcidos de saúde, beleza, …, é alarmante! Quanto aos comentários que falam que uma dieta restritiva com claras, frango e batata doce é sinônimo de disciplina” e “dieta regrada”…. OI???!!!!! Não existem evidências científicas com estudos em populações que indiquem que esse tipo de alimentação a longo prazo, seja efetivamente “saudável” e benéfica!!!!!!!!!!

  18. Tem algumas pessoas que se sentiram ofendidas lendo esse texto… São as mesmas que cuidam bastante da massa magra e esquecem da massa cinzenta… Meninas, ninguém precisa abrir mão de um corpo bonito e saudável para ter discernimento, bom senso e inteligência! Ótimo texto! Vivemos sim em tempos de superficialidade! Onde tanta, mas tanta gente mesmo, tá preocupado com a aparência (o que são essas sobrancelhas tão pintadas??? De fazer inveja a muitos drag queens) exageram na dose, muita maquiagem, muito botox, muito silicone, muitos decotes… Cadê o natural? Não To falando em abandonar o batom, rímel, blush, é só saber dosar! Aliás, tudo na vida é saber dosar! Enfim, concordo com tudo que vc escreveu.

    • Concordo com você Re e acrescento algumas coisas. Ninguém está falando que pq a mulher se cuida automaticamente ela é burra (em nenhum momento isso diz no texto mas diz várias vezes nos comentários). O fato é que – como a menina disse – vivemos em tempos de muitas superficialidades, eu taxo isso como FUTILIDADES. Você querer ter uma vida saudável, fazer exercícios regularmente, manter uma alimentação equilibrada é super certo, inclusive pq vivemos em tempos em que pessoas cada vez mais novas são acometidas por doenças cardíacas, obesidade, diabetes, etc., enfim, doenças relacionadas com os maus-hábitos (má-alimentação + falta de exercício físico regular). Então vejam, a crítica do texto não é essa (e com um pouco de técnicas de interpretação se nota isso). A crítica da autora está naquelas mulheres que são capazes de tudo em prol da beleza para serem aceitas na sociedade; por exemplo:
      – Não vou arrumar um namorado se eu não for “panicat”;
      – Preciso ser assim pra seguir os padrões de gente que eu nem sei quem é, que sequer sabem que eu existo;
      – Preciso fazer isso porque daí eu agrado todo mundo;
      – Tenho uma celulite AI MEUS DEUS vai acabar o mundo!!! Sou menos mulher, menos ser humano por causa disso.
      NÃO, TÁ TUDO ERRADO! Toda mulher tem o direito de se cuidar e se sentir bonita, mas aí que está o “X” da questão, “SE” cuidar, “SE” sentir bonita, e não apenas pra seguir os padrões que são impostos por puro “luxo”. Se alguém falasse comigo, da minha rotina, automaticamente iam me julgar precipitadamente, por que sim, eu faço academia 2x na semana, tenho uma alimentação equilibrada, e ainda estudo e trabalho. Mas isso são hábitos da minha criação, sempre fui criada com uma alimentação saudável, balanceada de proteínas, carboidratos, vitaminas e afins e sempre fui incentivada a praticar algum esporte, fazer alguma atividade. E não, eu não tenho corpão – muito pelo contrário, sou bem magricelinha – e nem quero ter pernão, bundão, peitão, quero apenas ser saudável. Diferentemente seria se eu fizesse isso apenas pra agradar a sociedade que não tá nem aí pro meu bem-estar. Isso que o texto critica, então vamos maneirar nos comentários pessoal 😉

  19. Cada um faz o que bem entender da vida. Se estão felizes com os músculos, as roupas justas, que bom. É problema da pessoa o que ela faz ou deixa de fazer com o estilo dela, a aparência dela. Se quer fazer tatuagem faça, se quer fazer maquiagem definitiva faça, se quer ter uma alimentação regrada levando em conta os propósitos que tem na academia, faça. Cada um tem uma vida e deve cuidar dela. Cada um sabe o que lhe faz bem. Cada um vai “se achar” um dia, ver que algo que antes achava legal agora não agrada mais, não tem cabimento. Mas são tudo fases que cada um deve passar para crescer. A vida é hoje, viva como quer viver, faça o que quer fazer. Não prejudicando o próximo, tudo é válido. Menos mi mi mi. Não curte o que o outro faz, só não fazer, ignorar. Simples assim.

  20. Seu texto traduz exatamente o que venho pensando. Não é o fato “cada um faz da vida o que quiser”, mas as mulheres estão se tornando enormemente enormes, e no entanto, cada vez mais vazias. A bunda maravilhosa que quando abre a boca não tá nem “tchum” pra o que tá acontecendo no mundo. Não é o excesso de “disciplina e foco”, é a falta de nutrir o cérebro mesmo. Tem coisa mais bonita do que uma mulher inteligente?

    • Não sei se é assim por ali, mas aqui na minha cidade, as mulheres vão malhar depois da faculdade, muitas são formadas (são médicas, advogadas tem juíza malhando na mesma academia), e não são burras, muito pelo contrário, são pessoas inteligentes, dedicadas e que ainda arranjam tempo para se cuidar. Ter músculos, bunda grande, não é sinônimo de burrice. Creio que esse preconceito é ignorância. Malho, pedalo, leio muito, trabalho na área administrativa, sempre tive excelentes notas, fui considerada a melhor aluna da turma e MALHAVA. Chega desse besteirol. Conheçam mais as pessoas antes de taxar de algo. Tem quem gosta de ser magra, estilo modelo, tem quem gosta de estar em forma, outras querem ter um corpo mais volumoso, mas sem gordura, e tem quem tem preguiça de se cuidar e está nem ai pra tudo. Cada um sabe de si, mas não é o corpo nem o esporte escolhido, o local frequentado, que define a inteligência de alguém. Mas esses preconceitos demonstram a ignorância!

  21. Desculpe minha sinceridade, mas as mulheres nunca foram naturais. Usam maquiagem deste a época de Cristo, alisam o cabelo desde que criaram a luz elétrica, entre outras coisas. O fato de serem “demais” sempre houve. A moda sempre ditou “as modas”. Antigamente era bonita ser gorda pq era sinônimo de saúde e de riqueza, depois ser magra era sinônimo de elegância, agora o corpo definido, torneado e “bombado” é a bola da vez.
    Como disse antes, me desculpe a sinceridade, mas é a moda. E como tudo, passa.

  22. Acredito que a expectativa das mulheres e homens, sim porque tem homens exagerados tb, era justamente essa, de aparecer em posts de blogs. Então o objetivo foi alcançado. E ao invés de ficarmos dedicando tempo a esse tipo de assunto, vamos abrir um livro e aumentar nosso QI. Porque a crítica aos estilo de vida dos outros só trás mais energias negativas, somos o que fazemos no dia a dia, não o que dizemos fazer nas redes sociais.

    Cada um recebeu um corpo e faz dele o que bem entender, se está se prejudicando azar, o carma é da pessoa e ela vai ter que enfrenta-lo, agora acho que o que mais pesa para as mulheres “normais” é a questão que “seus” (porque ninguém é de ninguém) homem vivem olhando e desejando essas mulheres, a questão é que no inconsciente masculino o corpo “farto e abundante” é atraente, porque significa que têm boa saúde e será uma boa mãe, NO INCONSCIENTE. Infelizmente é por ai mesmo, estudar um pouco a mente humana nos faz entender o que está acontecendo com as pessoas.

    Uns tampam seus sonhos com esculpindo o corpo, outros com trabalho excessivo e outros comprando coisas de marca para ostentar… cada um é um…

  23. Acredito que tudo que é demais na vida se torna veneno. Já tive meus momentos “OVER” também de ficar 3 horas na academia essas coisas. Como sempre digo com respeito aos ATLETAS, acho que falta um pouco de coerência sim. Também tenho um filho pequenino ainda, e continuo a fazer exercícios, mas tudo dentro do normal. Gosto do normal, um corpo saudável, naturalmente será bonito também. A leveza é bonita. Você pode ter um corpo torneado sem ser espalhafatoso. Não acredito em padrão de beleza, acredito em você se sentir bonita a sua maneira. Parabéns pelo texto, muito bom!! Beijos

  24. Quem é coerente entende, quem discorda é que não quer enxergar a realidade que ronda e atinge nós mulheres sem apelos ao exagero e extravagante.
    É importante e bonito cuidar do corpo, fazer um certo preenchimento se nao esta feliz com alguma coisa na sua estética. Mas o ponto é o exagero, tudo o que é demais perde o sentido, o foco e fica sem graça. Adoro a Bella Falcone, a Pugliesi, elas tem ciencia do seu lifestyle que levam e nao perdem o foco, nao deixam de ser feminina por terem corpos trincados.
    Eu como estilista que trabalha com a moda, fco num ponto desse texto…
    …O exagero aqui dito e compreensivel, aonde fala-se da realidade que nos ronda e que deixou de ser uma coisa natural feminina, é esse exagero de pessoas querendo imitar outras exagerando em tudo para se sentirem gostosas. Mulheres querendo tomar o lugar dos homens. Eu acho essa nova mania (que se diga de passagem ja deveria ter acabado) uó, deixando a elegancia de lado com esses benditos vestidos justos curtos decotados ridiculos, que um certo nicho insiste em achar bonito, admiradas e sexy. Nao sabem o quao ridiculas estao sendo. Para nós estilistas que prezam a feminilidade é bastante desconfortavel sair a noite e ver todas iguais sem identidade, sem personalidade, se vestindo da forma que vai mais chamar a atençao.
    Estao sendo apenas erradas e mal faladas.
    E eu como estilsta recebo muitas criticas tanto de mulheres como de homens sobre esse estilo nada sexy da night que muitas insistem em usar de dia tambem. OMG.
    Um decote profundo pode ser elegante, um vestido curto pode ser elegante, uma roupa justa pode ser elegante, sem ser vulgar. Mas para isso tem que saber equilibrar o look.
    Mostre uma parte e esconda a outra. Regra e dica basica de uma estilista.
    Um macacao com decotado pode ser elegante, uma saia justa mas até o joelho pode ser elegante…
    Agora, tudo compactado num vestido só, e com uma make nada natural??? Hallo, ja deu. Voltem uma casa sim.
    Bom texto

  25. Suh, sempre admirei muito o seu trabalho, da mesma forma como admiro você como mãe acompanhando seus snaps, instagram e blog, se antes já era sua fã, agora sou mil vezes mais, falou tudo, representou as mulheres que se cuidam sim, porém sem entrar nessa onda de excessos, introduzidos na nossa cabeça pela mídia e afins e que muitas vezes terminam de forma lamentável. Já tinha lido este texto antes, assim que você publicou ele, porém vi seus snaps e tive que voltar aqui para ler novamente, continue assim, trazendo textos e opiniões construtivas para nós mulheres, beijos.

  26. o texto nos leva a uma boa reflexão: os excessos são todos prejudiciais!!! Acho que a chave é encontrarmos o equilíbrio, e buscar a beleza não somente no corpo mas principalmente a beleza da alma que se expressa através do nosso olhar! Bombadas, magricelas, gordas, brancas, negras enfim … todas nós temos nossa beleza natural, e o texto nos leva a valorizar mais isso do que os modismos que nos levam a ver sempre os nossos defeitos. Vamos dar valor ao que realmente tem seu valor! E cabe a cada uma tirar o que há de bom do texto, e aplicar em sua vida… pelo menos essa parte serve para todas: “O bonito é ser você, é se assumir, é procurar ser melhor e não procurar se transformar no que não existe”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s