Tô grávida, e agora?

A primeira coisa que eu digo pra quem está passando por isso agora é: Calma, não é nenhum bicho de sete cabeças! Pena que quando eu engravidei na primeira vez ninguém me disse isso! Sabe o que me diziam? “nossa, dorme bastante porque depois…”, “da pra ver que você está grávida, já ficou mais gordinha”, “você viu aquela fulana que acabou de perder o bebê…”, “sai bastante agora, porque depois não vai ter tempo pra mais nada”… E por aí foram vários conselhos que eu sei que as pessoas não me falaram por mal mas que eu venho alertar para quem conhece alguma gravidinha ou para quem está grávida: não se preocupem com isso!!!

Claro que tudo são verdades, mas sabem qual a parte boa dessas duras verdades? Por mais que sejam inúmeras noites mal dormidas, algumas gordurinhas a mais ou falta de tempo, tudo é feito com tanto amor e dedicação que passa a ser insignificante, a gente nem percebe, e nossa vida não se transformou em nenhuma tortura! Até parece que uma barriguinha de pós parto se transforma em um troféu por ter passado por várias mudanças e no final de toda batalha ter recebido o melhor do amor em forma humana, e nos seus braços!

Sabem que eu sempre digo que as grávidas deveriam poder passar os 9 meses em casa curtindo o “mundo” em que ela está  (porque a gente entra em outro sintonia, tipo passa a viver em Marte!), começamos a fantasiar algumas coisas, formamos alguns fantasmas na nossa cabeça, e os medos? Nossa, são tantos medos! De não conseguir cuidar direito, de não conseguir amamentar, de ficar sozinha com o bebê, e os dedos? Será que vai nascer com todos os dedos? São tantas questões e dúvidas que no final acabamos descobrindo em nós mesmas a solução de nossas perguntas, e nos descobrimos um pouquinho médicas, um pouquinho conselheira com as amigas que vão passar por isso depois, e também descobrimos que conseguimos fazer as coisas mais rápidas, e o melhor: conseguimos fazer muito mais coisas em apenas 1 minuto!

E depois de tantas descobertas, deitamos nossa cabeça no travesseiro e descobrimos a melhor delas: nos tornamos mãe! Porque não tem ser muito mãe ou pouca mãe; mãe é mãe! Mãe esquece do rímel, mãe sai de casa com chinelo de pano (quem nunca? rs…), mãe deixa de comer o último pedaço (quando consegue comer, claro!), mãe aprende a cantar as músicas novas da Xuxa e troca a balada pelo aniversário do amiguinho! Mãe também perde a razão, desce do salto e consegue se transformar na mulher maravilha quando precisa!

Bom, mamães e futuras mamães, nenhuma gravidez vai transformar sua vida em uma tortura diária, em uma rotina impossível de ser vivida e em kgs impossíveis de serem perdidos. Essa nova vida que está por vir, e a nova vida que você terá será tão mágica, tão cheia de felicidades e amor, que até dos momentos ruins você vai lembrar com saudades no futuro. Minha dica final: batam muitas fotos; bonitas ou feias, elas ajudam a transformar a saudade em lembranças eternas!

vitta vittamina suh riediger momentos irmãs

Anúncios

14 pensamentos sobre “Tô grávida, e agora?

  1. Oii Suh, vc tirou algumas palavras da minha boca..quando eu estava grávida também me falavam só coisas ruins, e eu pensava: nossa, minha vida se transformou em um inferno! Mas que nda, é tudo tão bom..tão mágico 🙂
    bjus

  2. Suh sem palavras, você fala praticamente tudo que sentimos!! Eu ainda não sou mãe, mas com essas suas palavras ja me senti uma, imaginando o dia que for hehehe fiquei viajando nesse texto liindo liindo!!!! bjs

  3. kkkk” Os dedos? Eu contava os do meu filho quase todos os dias pra ter certeza de que estava certo e certeza tb de que eu não havia me enganado ao contar kkk’

  4. Eu ouvi muito na minha gravidez tmb.. depois que passou até tatuei no braço Life Is Made Of Choices… pq né? eu escolhi isso, eu sabia q queria… foi a escolha q eu fiz, e sim a gente escuta muito, mas muito mesmo, igual quando se planeja/anuncia um casamento, os comentarios ruins sempre dão de 10 a 0 nos bons, sempre tem alguém, ”nossa pra q casar?” ”putz, vai dinheiro nisso ai né” e por ai..
    Pra ajudar e apoiar são poucos, mas pra falar algo inconveniente tem milhares…

    Beijos em vocês meninas.

  5. Nossa… Estou passando exatamente esses medos agora! Estou grávida de 3 meses (primeira gestação!) Só escuto essas besteiras das pessoas!
    Adorei o texto, lindo! Muito obrigado Suh!
    Beijooo

  6. Nossaa que maravilhoso!! Amei e concordo com tudo.. Quando descobri que iria ser mãe tbm passavam mil coisas na minha cabeça.. E só uma coisa eu não imaginava, que iria amar essa nova vida, apesar de tantas mudanças e renuncias, e com certeza a fase mais gostosa da vida de uma mulher… Bjus pra essa linda família!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s